OS MOVIMENTOS OSTEOCINEMÁTICOS



Os movimentos osteocinemáticos são os movimentos fisiológicos ou clássicos da diáfise óssea. Estes movimentos podem ser realizados voluntariamente pelo paciente de acordo com os planos cardeais do corpo.

O plano sagital divide o corpo em lados direito e esquerdo. Os movimentos que ocorrem neste plano são os movimentos de flexão e extensão. Quando dois segmentos se aproximam um do outro é realizado o movimento de flexão e quando eles se afastam é realizado o movimento de extensão.

O plano horizontal divide o corpo em partes superior e inferior. Os movimentos que ocorrem neste plano são os movimentos de rotação. O movimento de rotação interna ocorre quando a superfície articular roda anteriorizando-se em relação ao corpo, ou seja, uma rotação para dentro ou medial . Já o movimento de rotação externa a superfície articular roda em direção a parte posterior do corpo, ou seja, uma rotação para fora ou lateral.

No antebraço a rotação interna é chamada de pronação e a rotação externa de supinação.

O plano frontal divide o corpo em partes da frente e de trás. Os movimentos realizados neste plano são o de abdução e o de adução. Quando um segmento se afasta da linha mediana do corpo é realizado o movimento de abdução. E quando um segmento se aproxima da linha mediana é realizado o movimento de adução. No punho o movimento de abdução é definido como desvio radial e o movimento de adução é definido como desvio ulnar.

Os planos secundários são destinados à articulações onde os planos frontal, horizontal e sagital passam em outros pontos que não o centro de gravidade do corpo, definindo assim o centro de uma articulação como a dos dedos, mão e pé. 

Um exemplo são os movimentos de dorsiflexão e flexão plantar que ocorrem no pé.

Via: wgate.com.br

Postar um comentário

Copyright © OLHAR FISIO. Designed by OddThemes