ARTROPLASTIA TOTAL DE QUADRIL



A artroplastia total do quadril é um procedimento cirúrgico utilizado no tratamento da artrose do quadril avançada, osteonecrose e algumas fraturas do quadril.


A cirurgia consiste na substituição da articulação do quadril por componentes metálicos, de polietileno e de cerâmica, com o objetivo de reestabelecer uma articulação com bom movimento e sem dor.

A artroplastia total do quadril é uma cirurgia que depende da educação do paciente e familiares sobre o procedimento, técnica cirúrgica adequada, qualidade da prótese, reabilitação pós-operatória e condição de saúde do paciente. A durabilidade de uma artroplastia total do quadril com adequada técnica cirúrgica , implantes de qualidade e cumprimento das orientações médicas, é acima de 95% em 15 anos e possivelmente maior de 80% em 20 anos.

Os principais problemas de uma artroplastia total do quadril, na fase inicial, são a infecção e o tromboembolismo. Os antibióticos e anticoagulantes são utilizados na prevenção destas complicações. A longo prazo, os problemas mais frequentes são o desgaste e soltura dos implantes. A luxação (deslocamento) da artroplastia pode ocorrer se as orientações médicas não forem seguidas ou decorrentes de algum trauma. É muito importante realizar acompanhamento anual após a cirurgia independente dos sintomas, com objetivo de reconhecer alterações precoces e evitar complicações futuras.

Lembrando caro leitor,
Em breve postaremos sobre o tratamento da ATQ, aguarde!

Fonte: Instituto Fuchs.


Postar um comentário

Copyright © OLHAR FISIO. Designed by OddThemes