PROPRIOCEPÇÃO


A propriocepção (percepção do próprio corpo) é um procedimento da fisioterapia utilizada, principalmente, nos pacientes portadores de patologias traumato-ortopédicas e desportivas. A propriocepção inclui a consciência da postura, do movimento, das partes do corpo e das mudanças no equilíbrio, além de englobar as sensações de movimento e de posição articular

No corpo humano, tem receptores (mecanorreceptores) que desempenham um importante papel de proteção e defesa do sistema. Os proprioceptores são receptores que se localizam mais profundamente nos músculos, aponeuroses, tendões, ligamentos, articulações e no labirinto cuja função reflexa é locomotora ou postural. São essenciais para informar ao nosso cérebro a noção de posição dos membros, e por sua vez, esta informação de posicionamento corporal é essencial para o controle dos movimentos.

Nos últimos anos, trabalhos com a propriocepção tiveram grandes avanços, principalmente na área desportiva. Os esportes em si exigem demais dos atletas, onde em alguns deles são realizados movimentos mais bruscos, impactos excessivos, mudanças de direção, contato físico, dentre outros, necessitando, portanto, do treinamento proprioceptivo.

Após uma lesão articular e/ou ligamentar, os receptores proprioceptivos também são lesionados, o que significa que a informação que é normalmente enviado para o SNC fica prejudicada, logo, haverá um déficit na capacidade proprioceptiva do indivíduo. Isto pode deixar a pessoa propensa a se lesionar novamente, ou diminuir a sua coordenação durante o esporte. 

O treino proprioceptivo é realizado em superfícies instáveis. A instabilidade gerada irá fornecer ao organismo constantes oportunidades para avaliar a sua orientação no espaço, desenvolvendo e treinando a consciência corporal, sendo assim, uma melhora na reposta proprioceptiva proporciona ao corpo com maior equilíbrio e estabilidade;

INDICAÇÕES:

  • Lesões musculares;
  • Lesões articulares;
  • Lesões de menisco;
  • Instabilidade articular;
  • Déficit de equilíbrio;
  • Prevenção de Lesões (tratamento profilático);
  • Prevenção de quedas.

RESULTADOS ESPERADOS:

  • Fortalecimento muscular;
  • Melhora a mobilidade articular;
  • Melhora estabilidade das articulações;
  • Melhora a postura;
  • Otimiza o desempenho desportivo;
  • Em idosos Aumenta a independência funcional;
Retorno as atividades de vida diárias ou esportivas mais rápido e com redução do risco de recidivas.

Por: Raylana Nascimento - Fisioterapeuta
Via: Blog mãos que tratam.

Postar um comentário

Copyright © OLHAR FISIO. Designed by OddThemes