AVC - ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é popularmente conhecido como derrame e responde por 10% das mortes no mundo a cada ano. Há dois tipos: o AVC hemorrágico (quando um vaso se rompe e o sangue extravasa alagando uma área da massa cinzenta) e o AVC isquêmico (representa 80% dos casos e obstrui uma artéria que bloqueia o fluxo de sangue necessário para irrigar uma determinada região do cerebro). Nas duas formas o resultado é o mesmo: as células da área afetada morrem, causando diversas seqüelas. Dependendo do local da lesão, pode provocar desde a morte da pessoa até paralisias, problemas de fala, de visão, de memória, entre outros. Isso é uma realidade para 2/3 dos pacientes que sobrevivem a um ataque desses.
A avaliação das carótidas – artérias do pescoço que nutrem o cérebro,assim como o controle dos fatores de risco para as doenças artérias como HAS (pressão alta), DM (diabetes), problemas do coração (fibrilação), hiperlipidemia ( aumento do colesterol e do triglicerides), tabagismo, sedentarismo e obesidade, devem ser realizadas para a prevenção do AVC .
Sintomas como tonturas, fortes dores de cabeça, perda da sensibilidade e dos movimentos, alterações visuais e da fala devem ser investigados com urgência pelo médico.
TRATAMENTO FISIOTERÁPICO
O tratamento fisioterapêutico irá depender das sequelas que o paciente apresenta pós-AVC. As mais mais comuns são: neurológicas, respiratória e motoras.
O tratamento deve ser individualizado e de forma global, iniciando com uma ótima avaliação do quadro apresentado pelo paciente, e não focado apenas nas sequelas ou limitações, mas sim na pessoa em si que necessita de cuidados e apoio, seguido de testes e exames para confirmação do quadro.
Outro fato, muito importante, é explicar o quadro aos familiares, tente não apenas ser negativo ao dar as informações. Fale do quadro apresentado, mas acima de tudo mostre, não de forma à ser exagerado, o que pode ser trabalhado na recuperação, fale sobre os ganhos e do tempo que isto levará.

Por: Aristides Lima.
Via: http://www.marcelopereirabello.com.br

Postar um comentário

Copyright © OLHAR FISIO. Designed by OddThemes