COMPRESSÃO DO CANAL DE GUYON

A lesão ou irritação no nervo ulnar no canal entre o hâmulo do hamato e o psiforme é decorrente de pressão mantida, como escrever durante um tempo prolongado ou inclinar-se para frente sobre os punhos estendidos (como no ciclismo).

Ocorre pelo uso repetitivo da ação de garra dos 4º e 5º dedos, como tricotar, fazer nós ou usar alicates ou grampeadores, ou ainda, em decorrência de um trauma, como cair sobre a borda ulnar do punho.


COMPROMETIMENTOS COMUNS:

  • Dor e parestesia ao longo do lado ulnar da palma da mão e dedos, e na distribuição do nervo ulnar;
  • Fraqueza progressiva;
  • Mobilidade restrita nos flexores e extensores dos dedos;
  • Diminuição da força de garra;
  • Incapacidade para usar o 4º e 5º dedos para garras de potência esférica e cilíndrica;
  • Habilidade diminuída para realizar a atividade provocadora.

TRATAMENTO NÃO-CIRÚRGICO:

Resumo das Diretrizes do Tratamento:

  • Proteger o nervo;
  • Imobilizar o punho na posição neutra;
  • Proteger áreas com sensibilidade diminuída;
  • Mobilizar articulações, tecidos conjuntivos e músculos/tendões que estejam limitados;
  • Mobilizar carpais que estiverem restringindo a mobilidade;
  • Exercícios de deslizamento de tendão;
  • Exercício de mobilização do nervo ulnar (mobilização neural);
  • Melhorar o desempenho muscular.

Por: Aristides Lima
Texto: Jhons Cassimiro
Via: http://rascunhosdefisioterapia.blogspot.com.br

Postar um comentário

Copyright © OLHAR FISIO. Designed by OddThemes