LESÃO DO PLEXO BRAQUIAL


O que é a lesão do plexo branquial ou ferroada ?
É uma lesão nos nervos que se propagam do pescoço descendo até o braço. Existem sete ossos no pescoço, chamados vértebras. As vértebras estão ligadas umas as outras por ligamentos.
A medula vai da parte de trás do cérebro e, através de um canal das vértebras, desce até a região lombar. Os nervos que saem da medula e fazem os membros e corpo se movimentarem e terem sensibilidade, são chamados de nervos periféricos. Um grupo de nervos periféricos, chamados plexo braquial, saem da medula e viajam entre as vértebras até o ombro, dando ao braço a habilidade de funcionamento.
Como ocorre?
A ferroada (lesão do plexo braquial) é quase sempre vista em esportes de contato, quando a cabeça e pescoço são abruptamente movimentados ou sofrem uma pancada em um dos lados, esticando o plexo braquial para a direção contrária. Quando a cabeça e o pescoço são abruptamente empurrados para um lado, há uma compressão dos nervos do plexo braquial do mesmo lado e um estiramento do plexo braquial oposto. Os nervos se tornam irritados como resultado do estiramento ou da compressão.
Quais são os sintomas?
A ferroada normalmente causa dor intensa no pescoço propagando-se em direção ao braço.
É normal sentir o braço como se ele estivesse pegando fogo, em brasa. O braço e a mão podem perder força.



Como é diagnosticada?
O médico perguntará sobre os sintomas e examinará a cabeça, o pescoço, o ombro, o braço e a mão. Se o médico empurrar a cabeça do paciente para baixo e para o lado, ele poderá sentir sensação de queimação ou formigamento.
Ele possivelmente pedirá raios-x do pescoço, para verificar se há lesão nas vértebras. Se a lesão for séria, o médico poderá pedir uma tomografia computadorizada ou uma ressonância nuclear magnética.
Ele poderá encaminhar o paciente para um especialista que realizará testes como eletromiografia ou estudo da condução dos nervos.
Como é tratada?
O tratamento pode incluir:

• Repouso do pescoço e dos braços, até que a dor e os sintomas desapareçam.
• Aplicação de compressas de gelo sobre o pescoço e ombros, por 8 minutos, seguidos de
3 minutos sem gelo. Este ciclo deve ser repetido até completar 20 a 30 minutos e pode ser
feito a cada 3 a 4 horas, por 2 a 3 dias ou até que a dor desapareça.
• Uso de medicamento antiinflamatório, se prescrito pelo médico.
• Fisioterapia.

Via: http://www.clinicadeckers.com.br/html/orientacoes/ortopedia/048_lesao_plexo_braquial.html

Postar um comentário

Copyright © OLHAR FISIO. Designed by OddThemes